Sábado, 20 de Junho de 2009

beijo náufrago...

 

ser…

na tua terra nua… o mar!…

na tua boca…

o beijo náufrago

onde afogámos o desejo;         

no marulhar húmido desse gesto…

onde nos exilámos…

uma brisa de afagos exalando nostalgia;

onda que envolve o redundante poente

onde nos reencontramos

rumando à poesia

 

publicado por Latitudes às 23:48
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Presente, na Ausência a 21 de Junho de 2009 às 23:23
Ser...
A âncora do teu beijo...

Abraço E.
De aDesenhar a 22 de Junho de 2009 às 01:21
hum!
passeatas e pescaria no Douro
beijos náufragos
afogar o desejo...

deves andar a confundir uma Perca
com alguma sereia!
:-)

abraço amigo
De Guika a 24 de Junho de 2009 às 01:14
as palavras faltam-me para agradecer o quanto estou grata pelo teu livro ter chegado às minhas mãos. Jamais me entenderia ou entenderia alguém, se não tivesse a capacidade de ler letras, palavras, frases,
A nota biográfica é tua, poderia ser minha, entendo-a na perfeição.
beijos e abraços...
De Guika a 24 de Junho de 2009 às 09:22
Obrigada do fundo do coração... escreve sempre o que te vai na alma sem te importares que sejam lidas ou compreendidas por alguém. O importante é que tu as sintas e as dês a sentir a quem te quiser e as quiser sentir... profundamente compreensível e amiga! Só assim sei ser, mas para o ser só peço que me iluminem, preciso de clareza, o escuro sufoca-me, amputa-me, fico moribunda até acabar!
De Guika a 25 de Junho de 2009 às 10:51
Vazio...
Recebi e gosto do que estou a ler.
Quanta sensibilidade e lucidez nas palavras.
Quem é a musa?
Gostaria de te agradecer num gesto sentido mas contido
porque há atitudes que me tiram a voz.
Beijos do coração esvaindo-se em lágrimas
De Nanda a 25 de Junho de 2009 às 22:08
...quem poderá resistir ao encanto, à beleza, à sensibilidade que te é intrínseca em tuas palavras...sem o sentir com paixão...lágrimas germinam do nosso mais profundo sentir...

…deixa-me feliz que mais alguém tenha ficado apaixonada no ímpeto das tuas palavras e do teu sentir…

Parabéns Poeta
Abraços e flores
De Flor de Outono a 27 de Junho de 2009 às 09:11
Mar que molha
os pés

Mar serás
Mar apaixonado

Mar de teu mar
umidade no ar
amorosa carícia

Quando quatro pés...
o olham abraçados.

De gabriela rocha martins a 29 de Junho de 2009 às 17:50
ser poesia



.
um beijo

Comentar post

.João Ramos


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

porque a riqueza está
na diversidade...
não à uniformização...
"as imagens possíveis.../ neste lugar ao sul no meu/ interior nordeste/ uma viagem à minha / geografia interior/ lugar onde sou e que sou, sempre!.../ ainda que em Latitudes ausentes/ buscando uma longitude constante” Mário João Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


.... com a ferramenta possível... possivelmente o melhor de mim

.arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links

.Carmen Ayerra

fiquei deslumbrado com esta pequena bruxinha... mágica poesia que se lança como um feitiço aos olhares mais desencantados...
fado português... fado meu... vida minha...
RSS