Sábado, 21 de Junho de 2008

canto.chão 05


quando as palavras não surgem…
ou é porque cristalizamos de emoção
ou porque aí queremos ficar
a contemplar e a saborear
o silêncio que inunda a muda
voz que ainda assim não cala
a tua madrugada

quando as garças se ausentam
para voos mais distantes____
___________________ fico!…

cismando para onde me levará
o teu anseio?




imagem: © Uschi Wo

publicado por Latitudes às 23:09
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De ceu a 23 de Junho de 2008 às 12:19
Que esse anseio te leve para voos bem longínquos, onde alcances tudo aquilo que anseias e sobretudo tudo aquilo que mereces...
Bjs e abraços poeta
De gabriela rocha martins a 24 de Junho de 2008 às 16:50
de novo
um canto em canto aberto

BELÍSSIMO


.
um beijo
De Lampejos a 25 de Junho de 2008 às 04:49
Poeta,

Gosto das tuas palavras como vinho precioso...

Do teu aroma que inebria minh’alma....

.......


Fica bem!...


(a)braços e flores Poeta!...
De adesenhar a 2 de Julho de 2008 às 15:17
vai um café com poesia à mistura(?!)

abraço
De Lampejos a 6 de Julho de 2008 às 06:37
Latitudes,

Jamais ela amou tanto na sua vida.
Acho que é assim que se deve dizer?!

Bom domingo Poeta!..


(a)braços,flores e mais ... toda a minha admiração por ti :)
De Anónimo a 8 de Julho de 2008 às 22:25
bonito demais.
De Perla a 21 de Julho de 2008 às 17:39
Às vezes as palavras não saem mas o silencio diz tudo!

Comentar post

.João Ramos


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

porque a riqueza está
na diversidade...
não à uniformização...
"as imagens possíveis.../ neste lugar ao sul no meu/ interior nordeste/ uma viagem à minha / geografia interior/ lugar onde sou e que sou, sempre!.../ ainda que em Latitudes ausentes/ buscando uma longitude constante” Mário João Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


.... com a ferramenta possível... possivelmente o melhor de mim

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links

.Carmen Ayerra

fiquei deslumbrado com esta pequena bruxinha... mágica poesia que se lança como um feitiço aos olhares mais desencantados...
fado português... fado meu... vida minha...
RSS