Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Maré de Espanto…

 

Maré de Espanto…

meu deslumbramento!

o primeiro passo

para o encantamento das

sombras que partilhamos…

enquanto delírios de rosas

nos perseguem os sonhos…

lugar onde tudo o que é febril desperta

no entardecer exaltado dos corpos…

cântico que arrepia a luz que nos envolve…

 

enquanto o segundo passo se inicia…

e as mãos… colhem com firmeza

tão bela poesia!!!

 

essa tão inspirada inquietação…

…incendeia tudo que não somos ainda… possibilita o atravessamento, sem medo, das “cidades com pássaros nos ombros”… liberta as emoções vibrantes que esvoaçam no peito… provoca a erupção da poesia incandescente que trazemos dentro: lava que solidifica nas encostas íngremes do poema… como palavras que afloram à crosta vulcânica do verbo… 

seríamos muito mais do que isso…  se pudéssemos vomitar estrelas… ou apenas num sopro, dar vida às nuvens… moldar montanhas como se os nossos dedos tivessem a força das marés que nos trouxeram até aqui…  e seríamos muito mais do que isso…  se não morressem também os nossos sonhos…

 

publicado por Latitudes às 18:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

bondade dos deuses…

 

no silêncio das palavras, parou o tempo.

qualquer ruído que nos atravesse agora

será como se as palavras nos fossem arrancadas…

e muito desumanamente os seus lugares expropriados

nos fossem tomados com toda a violência…

a dor que ecoa desnuda  e sem compaixão

soluça penetrante no vale onde sufocam

as lágrimas de tantos sonhos desfeitos…

do sangue derramado,  o espírito de um rio

que não coagula…

nas margens rasgadas… jazem os poemas

que não cicatrizam na memória…

e a esperança de que o tempo retome

com exactidão…  se ocupe de justificar

o irremediável curso dessas águas

tragicamente vertidas…

vestem-se de ruína estes corpos

mártires onde se deteve com fúria

a bondade dos deuses…

a fé deste povo faminto

caminha ao lado da morte

que também submisso perdoa…

 

publicado por Latitudes às 18:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.João Ramos


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

porque a riqueza está
na diversidade...
não à uniformização...
"as imagens possíveis.../ neste lugar ao sul no meu/ interior nordeste/ uma viagem à minha / geografia interior/ lugar onde sou e que sou, sempre!.../ ainda que em Latitudes ausentes/ buscando uma longitude constante” Mário João Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


.... com a ferramenta possível... possivelmente o melhor de mim

.arquivos

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links

.Carmen Ayerra

fiquei deslumbrado com esta pequena bruxinha... mágica poesia que se lança como um feitiço aos olhares mais desencantados...
fado português... fado meu... vida minha...
RSS