De Azulejo de Veludo a 31 de Março de 2008 às 02:58
........

Deixo-te poeta uma caixa com flores vermelhas e brancas, doçura e paixão para que em cada uma delas sintas o chamado de tua amada.

O meu comentário desobedece à razão para garantir sentido.

Abraços, Mário.

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.