3 comentários:
De Um outro lugar para sonhar a 8 de Fevereiro de 2008 às 23:26
Mário,

Hummm, fascinante esta “floração primaveril!”


Gosto dessa vontade que tens de me levar a passear para lamber o teu céu intenso de palavras.

O universo inteiro compreenderá como é bom arder, fugir, com o milagre da tua mão outonal!

Por isso neste momento eu só sei mirar teus olhos, sorrir e sentir o cheiro de fragrância aprazível e amável....


(a)braços poeta
De s.a. a 11 de Abril de 2008 às 21:10
"como esta areia onde te toco
com a ternura de um olhar"... a tua sensibilidade comove!...
Abraço...
De Nanda a 13 de Janeiro de 2009 às 12:36
Não há palavras que descrevam tanta beleza e sensibilidade...
Parabéns Poeta
Abraço

Comentar post