Sexta-feira, 28 de Março de 2008

e n t a r d e c e r ...



pudesse haver em mim lugar e uma outra flor houvesse

e perfeita surgiria ao despontar dos primeiros raios de luz

atravessando de encantamento meu olhos desertos

oásis se fizeram sob o deslumbre de sua mágica existência

brisa que ao rubor da manhã a face inesquecível suaviza

palavra que chega como carícia indelével ao acto de despertar

para que seja imaculada a luz que me traz enamorado

por quem poetisa se oferece nua de seus versos…

vem! de nós renascerá um amor inteiro… íntegro poema

quero abraçar contigo o entardecer despido de toda a

claridade!...



 

imagem: pescada na rede

por: um pescador de sonhos

 

publicado por Latitudes às 00:19
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De s.a. a 28 de Março de 2008 às 22:34
esse amor inteiro... em mim vive...
numa bruma... só por nós conhecida... deixará de ser proibido?...
...dá-me a tua mão...
O meu Abraço te dou...
Beijo...
De gabriela rocha martins a 29 de Março de 2008 às 23:41
a necessidade absoluta
de aqui beber

POESIA

de ir e voltar

e reencontrar
o entardecer
do poema
inscrito
em tuas
palavras


absoluta
mente

acaricio
o teu
acto
de criar
beleza

assim


.
um beijo ,João

De Azulejo de Veludo a 31 de Março de 2008 às 02:58
........

Deixo-te poeta uma caixa com flores vermelhas e brancas, doçura e paixão para que em cada uma delas sintas o chamado de tua amada.

O meu comentário desobedece à razão para garantir sentido.

Abraços, Mário.

De gabriela rocha martins a 3 de Abril de 2008 às 17:13
poeta da terra molhada
fértil de gravidezes anunciadas
em escrita

releio.te

e parto saudosa
do regresso


.
um beijo

Comentar post

.João Ramos

.pesquisar

porque a riqueza está
na diversidade...
não à uniformização...
"as imagens possíveis.../ neste lugar ao sul no meu/ interior nordeste/ uma viagem à minha / geografia interior/ lugar onde sou e que sou, sempre!.../ ainda que em Latitudes ausentes/ buscando uma longitude constante” Mário João Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


com a ferramenta possível... possivelmente o melhor de mim

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links

oferecido por...(clica no selo)

.Carmen Ayerra

fiquei deslumbrado com esta pequena bruxinha... mágica poesia que se lança como um feitiço aos olhares mais desencantados...
fado português... fado meu... vida minha...
RSS